4.8.16

Resenha: Faça amor, não faça jogo - Ique Carvalho

A resenha de hoje é de um livro que eu queria ler há muito tempo, e quando eu descobri um site que tinha em PDF eu fiquei muito feliz.
Então, vamos lá para resenha...



Viver a plenitude do amor é o desejo senão de todas, ao menos da maioria das pessoas. Amar e ser amado incondicionalmente, contar com o apoio de alguém para as horas difíceis e para os momentos alegres, e saber que independentemente do que fazemos, alguém estará ao nosso lado simplesmente pelo que somos é o ideal de vida de muitos.
Viver esse amor na prática, no entanto, nem sempre é fácil. E é exatamente sobre felicidade, vida e amor que Ique Carvalho fala neste livro. O autor, que começou escrevendo em seu blog e já tocou o coração de milhares de pessoas que se envolveram e se emocionaram com suas palavras, descreve com perfeição o amor que muitos procuram e poucos realmente encontram. E ele fala do amor em todas as suas expressões: desde o romântico entre duas pessoas até o mais puro e verdadeiro dos laços familiares, que ele tem com seu pai e mentor.
Como as relações humanas são frágeis e complicadas, os relacionamentos tornam-se difíceis, o que nos faz buscar a felicidade nos lugares ou nas pessoas erradas. Mas o autor nos faz enxergar a vida de forma diferente. Faça amor, não faça jogo é um lembrete de que, no jogo do amor, não é necessário haver ganhadores ou perdedores. Basta olhar e aceitar novos paradigmas e acreditar no que diz seu coração. E vivenciar isso de verdade.

Aliás, antes de começar essa resenha eu necessito dizer uma coisa: esse livro foi o ÚNICO que me fez colocar a cara no travesseiro e chorar horrores, sério, eu nunca chorei tanto lendo um livro como eu chorei lendo esse, e olha que esse livro é de crônicas.

Para iniciar, vocês precisam conhecer o blog do autor (The Love Code), lá tem uns textos maravilhosos, que vão te deixar com ainda mais vontade de ler o livro dele. 

Bom, os textos contido nos livros como já devem ter imaginando falam sobre o amor. O amor de todas as formas, o amor por uma namorada, o amor por seus amigos, por sua mãe, e principalmente por seu pai (que está com uma grave doença e se comunica com Ique através de escritas no Ipad). O autor consegue de forma simples, escrever tudo que você precisa ler. Algum de seus textos, é como se o Ique tivesse respondendo comentários que são feitos no seu blog, dúvidas, desabafos...

É óbvio que cada autor tem um jeito de escrita, uma forma de tratar o público, mas senti que Ique quis ao máximo nos levar para sua vida, para sabermos as suas experiências, seus sofrimentos, seus amores passados, e saber também da tamanha dificuldade que está tendo em se manter firme e forte com a doença de seu pai.  Ele nos mostra através de seus textos, os pontos onde estamos errando e que na maioria das vezes, passam despercebido pela nossa vida. 

Como já disse em outras resenhas, eu sou apaixonada por livros de contos e crônicas. Li esse em uma noite, e estou até agora maravilhada, e arrependida por não ter lido antes. Super indico a leitura. 

Título: Faça amor, não faça jogo | Autor(a): Ique Carvalho | Editora: Gutenberg | Páginas: 224 |   Nota: 4/5

36 comentários:

  1. Olá!
    Eu conheço esse livro por alto, e confesso que ele não me chama a atenção. Diferente de você, não sou muito chegada a contos e crônicas :(
    Todavia, esse livro parece super emocionante e sensível, com certeza deve ter sido uma leitura muito bonita e tocante, principalmente no que diz respeito a doença do pai de Ique.
    Fico feliz que tenha gostado!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Hey, Bárbara!

    Eu nunca fui muito fã de contos e crônicas e é muito raro eu ler algo do tipo. No entanto, sua resenha me deixou bem curiosa a respeito do livro e do blog do Ique.
    Com certeza não é um livro pra eu ler neste momento, mas futuramente eu vou querer ler, sim. Sua resenha me ganhou.
    Já anotei o nome aqui.

    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  3. Olá tudo bem?

    Você não é a primeira pessoa que elogia bastante esse livro, tenho lido cada vez mais críticas bem positivas sobre o livro e confesso que fico interessado toda vez que leio algo sobre. Gostaria muito de poder comprar a edição física mas estou me restringindo a compras mínimas, muito mínimas. Se bater muito a vontade já sei onde posso encontrar o pdf para lê-lo. Enfim gostei muito da sua resenha.

    Abraços, Carlos.

    http://triplicenerd.blogspot.com.br/
    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Hummm já adorei a promessa do livro.
    Não pq vc chorou horrores, mas é daqueles livros que encontramos nossa história ali, pelo menos um pedacinho. rs
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. oi ^^
    não é a primeira resenha que eu leio desse livro e apesar de adorar contos/crônicas, não consigo me sentir atraída por essa leitura. =/
    por isso passo a dica.
    obs: é tão bom quando a gente se prende que consegue ler o livro duma vez né?
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que pena...
      Sim, é ótimo quando isso acontece rsrs
      Beijos

      Excluir
  6. Oiii
    Já faz um tempinho que quero ler esse livro, pois vejo todos que leram falando super bem. Mas sempre deixo para ler depois e nunca o pego para ler, mas sua resenha me deixou curiosa pois eu nunca chorei lendo um livro e to procurando um que faça esse milagre. Vou ver se leio esse e se choro horrores também kkkk

    Beijos
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA, espero que chore (no bom sentido rsrs)
      Beijos

      Excluir
  7. Olá
    faz um bom tempo que li o livro e achei bem legal, é um livro que tem muitos sentimentos mas algumas coisas me incomodaram como a edição, por vários motivos, muito legal sua resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Confesso que contos e cronicas sobre amor já me fazem revirar os olhos. Não que eu não goste, é só que estou saturado desse mesmo tema.
    Mas fiquei com vontade de ler esse livro, ainda mais porque adoro livros que fazem as pessoas chorarem.

    Beijos
    http://www.mundoinvertido.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, eu também pensava assim, mas ele consegue tratar de uma maneira diferente rs
      Beijos

      Excluir
  9. Oi Bárbara. Tudo bem?
    Confesso que eu não sou uma grande fã de livros de crônicas. E pelos comentários acima eu não sou a única.
    Já tinha ouvido falar algumas vezes sobre esse livro e achei o título interessante e gostei de ter mais conhecimento sobre esse livro e o achei muito interessante.

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que pena rsrs, mas fico feliz que tenha achado interessante.
      Beijos

      Excluir
  10. Oi Bárbara!
    Sério que é um livro de crônicas?Ele tá na minha lista há um tempo,mas não sabia que era em forma de crônicas.Não sou o maior fã do gênero,mas quem sabe pode ser que eu me renda.
    Ouvi falar que teria um segundo volume,verdade?
    Beijos!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é de crônicas hahaha.
      Não sei desse segundo volume, vou pesquisar, espero que tenha mesmo!!!
      Beijos

      Excluir
  11. Oiii Bárbara, como vai?
    Menina eu tenho tanta vontade mesmo de ler esse livro, acho ele tão amorzinho que já está na minha listinha algum tempo querida, adorei ter tido a oportunidade de ler uma resenha tão bonita e seu blog é maravilhoso <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Morg, obrigada linda!!!!
      Leia sim, é um amorzinho esse livro.
      Beijos

      Excluir
  12. Oiii Bárbara!
    Não conhecia o livro. Gosto bastante de contos e crônicas e acho que vou gostar desse.
    Espero conseguir ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi, só leio elogios sobre esse livro, gosto de crônicas e contos, muito mesmo, mas estou um pouco saturada por ter lido muitos livros do gênero ano passado, quando entrar na vibe novamente quero ler com certeza.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo completamente.
      Espero que goste da leitura.
      Beijos

      Excluir
  14. Quando se começa uma resenha desse jeito, falando que foi o primeiro livro que te fez chorar, nossa, isso já foi o suficiente pra me convencer a lê-lo. Fora que essa capa está bem bonita.

    ResponderExcluir
  15. sei como é isso de achar um pdf de um livro que queremos muito kkkk.
    eu não leria o livro poque não é bem meu tipo de leitura, mas pra quem gosta parece fofo

    ResponderExcluir
  16. Oi,
    esse livro é engraçado, me interessei depois que uma amiga disse que queria. E depois que eu li o do Fred Elboni meus preconceitos com livros de cronicas cairam por terra. Estou apaixonada por esse gênero e quero muito esse livro.
    Espero que esteja com um preço bom na Bienal
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim hahaha, ainda não li do Fred, mas quero muito!!!
      Beijos

      Excluir
  17. Olá,
    Não me interessei muito, porque não leio muito este gênero. Mas a escrita parece ter te pegado de jeito né? É sempre bom ler algo que nos agrade tanto.

    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  18. Olá, confesso que nunca tinha lido nenhuma resenha sobre essa obra. Achei bem interessante. Parabéns!

    Abraços

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...