31.1.17

Resenha: Sete minutos depois da meia-noite - Patrick Ness

Quando recebi esse livro em casa eu não tinha nenhuma noção do que se tratava e para ser sincera nem estava tão afim de lê-lo, mas fui surpreendida com uma belíssima história...



Conor é um garoto de 13 anos e está com muitos problemas na vida.
A mãe dele está muito doente, passando por tratamentos rigorosos. Os colegas da escola agem como se ele fosse invisível, exceto por Harry e seus amigos que o provocam diariamente. A avó de Conor, que não é como as outras avós, está chegando para uma longa estadia. E, além do pesadelo terrível que o faz acordar em desespero todas as noites, às 00h07 ele recebe a visita de um monstro que conta histórias sem sentido.
O monstro vive na Terra há muito tempo, é grandioso e selvagem, mas Conor não teme a aparência dele. Na verdade, ele teme o que o monstro quer, uma coisa muito frágil e perigosa. O monstro quer a verdade.
Baseado na ideia de Siobhan Dowd, Sete minutos depois da meia-noite é um livro em que fantasia e realidade se misturam. Ele nos fala dos sentimentos de perda, medo e solidão e também da coragem e da compaixão necessárias para ultrapassá-los.
*Livro recebido em parceria com a editora Novo Conceito.*



Nesse livro conhecemos Conor O'Malley, um menino de 13 anos que apesar da pouca idade tem muitos problemas acontecendo na sua vida. Sua mãe está muito doente e parece que a cada dia que passa ela fica mais debilitada ainda, Conor não aceita isso e sempre pensa positivo dizendo para todos que isso é só um pós tratamento e que logo ela fica bem novamente. Outro grande problema em sua vida é Harry, um valentão da escola que o humilha por causa de sua mãe, sem contar que todos as outras pessoas na escola o tratam como se ele fosse "invisível". O seu pai o abandonou e foi morar nos Estados Unidos com outra mulher e com sua outra família, e a só Avó é uma mulher arrogante e nem o trata como neto. Fora todos esses problemas, Conor ainda tem pesadelos horrendos.

"Às vezes as pessoas precisam mentir para si mesmas acima de tudo."


Sem contar que sempre aparece um mostro às 00:07, ele desde o início sempre ajuda Conor, mas ele quer contar ao menino 3 histórias e a quarta história é Conor que tem que contar ao monstro. Esse monstro não é assustador, não para Conor, e tem vezes que Conor até implorava para ele aparecer. Como se fosse seu único amigo e refúgio do mundo.

O livro começa como uma simples história mas vai se aprofundando gradativamente, assim como os problemas na vida de Conor... As histórias que o monstro conta de início não parece ter nenhum sentido, mas no final se torna uma grande enxurrada de realidade. O fato de sempre querermos mentir para nós mesmo mas não enfrentar a realidade e como isso nos corrói por dentro é tratado de uma forma muito singular nesse livro mas que com certeza podemos encaixar em algum momento de nossa vida.

"Sua mente vai acreditar em mentiras agradáveis e ao mesmo tempo vai reconhecer as verdades dolorosas que tornam essas mentiras necessárias."

Eu sou uma pessoa muito apegada com minha mãe então em vários momentos do livro eu me senti na pele de Conor, pude sentir com ele o carinho pela mãe, e na mesma intensidade o sofrimento que tinha por dentro mesmo sabendo a verdade e não querendo aceitá-la. E algo muito curioso é que desde o início sabemos qual a doença que a mãe dele tem, só que em nenhum momento do livro isso foi falado.

Esse livro é realmente maravilhoso, posso dizer aqui que é um dos melhores livros que já li na minha vida. Essa história é brilhante, e eu nunca me emocionei tanto com um final. Lançou há pouco tempo a história no cinema, eu ainda não assisti mas estou super curiosa, porém recomendo que leiam o livro antes, pois é um livro que todos deveriam ler um dia.

"Você não escreve sua vida com palavras... Você escreve com ações. O que você pensa não é tão importante. Só é importante o que você faz."


Título: Sete minutos depois da meia-noite | Autor: Patrick Ness | Editora: Novo Conceito | Nº de páginas: 160 Nota:5/5 

14 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Adorei a sua resenha, eu já tinha visto esse livro em vários lugares, mas não tinha lido nenhuma resenha até agora, anotei a dica e vou adquirir com certeza.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo Ray, espero que goste da leitura!!!
      Beijos

      Excluir
  2. Sério que só tem 160 páginás? :o Nossa, achei que era um livro enorme. A capa dá essa impressão... Alias, que capa LINDA! Já vi por aí pela internet e até coloquei na lista pra ler algum dia, e eu nem sabia sobre o que se tratava.
    Nem imagino como um menino tão novo lida com essa situação. Eu com 21 anos na cara nem sei como seria ver minha mãe doente. Me pareceu realmente um livro lindo e que vou amar ler, e nem sabia que tinha virado filme. Vou pesquisar depois.
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, só 160, então as emoções acontecem a todo vapor e a todo momento!!!
      Leia sim, você vai adorar.
      Beijos

      Excluir
  3. Eu estava pensando em ver o filme e não ler o livro. Mas já que você falou, irei seguir seu conselho e ler antes. Creio eu que também irei gostar do livro. Coloquei na lista já. Adorei sua resenha. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai sim, e agora eu estou louca para assistir o filme rsrs
      Bjs

      Excluir
  4. Olá Bárbara,
    Tenho visto muitos elogios para esse livro e preciso ler, mas o tempo anda escasso. Gostei de saber que você se colocou no lugar no personagem algumas vezes e fiquei intrigada para saber o que acontece.
    Nem sei se o filme ainda está em cartaz, mas preciso ler e assistir logo. Bem, vou tentar arrumar um tempo aqui rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super recomendo Bruuu, espero que goste!!!
      Bjs

      Excluir
  5. Oi!
    Tadinho do protagonista, a vida dele definitivamente não é fácil. Fiquei curiosa para saber sobre as quatro histórias e fico feliz em saber que o livro é fascinante e que superou em muito a sua expectativa ^^

    Abraços,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  6. Olá... tudo bem??
    Esse tipo de livro não chama muito a minha atenção pela leitura... mas devo ressaltar que o enredo é interessante e pode até prender o leitor que gosta deste tipo de leitura... percebi o quanto o livro mexeu com você... e o quanto te prendeu que bom que funcionou pra você... a sua resenha ficou ótima. Xero!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dii, tudo sim e você?
      Sim, esse livro mexeu muito comigo!!!
      Obrigada!!!
      Bjs

      Excluir
  7. Olá, tá ai um livro que está me deixando intrigada e curiosa...preciso conferir!

    Adorei a resenha, parabéns!

    Beijokas da Quel ¬¬

    ResponderExcluir
  8. Este livro está me deixando super curiosa! Todas as resenhas que li até hoje foram positivas e o livro parece mesmo ser interessante! Curti bastante sua resenha. Parabéns pela escrita. =)

    Beijinhos!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...